Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

Sinistralidade rodoviária – o gráfico sempre a subir

O gráfico da sinistralidade rodoviária sempre a subir

Começou o novo ano de 2016 e com ele a sinistralidade rodoviária elevada. Mais uma vez não se deu conta docontador ter passado pelo zero, uma vez que só na noite de fim de ano foram registadas 7 vitimas mortais nasestradas portuguesas, somando um total de 14 mortos nas duas operações neste período de final de ano; Natal e fim de ano. Continue a ler

Aquecer o motor antes de conduzir é um erro?

5197182_f520

Muitos de nós pensa que se deve aquecer o carro antes de o conduzir, há até quem espere 5 a 10 minutos para que o ponteiro da temperatura aumente e só depois segue viagem. Este vídeo que vos trago vem precisamente desmoronar essa ideia de que é preciso aquecer o motor antes de seguir viagem.

De acordo com a C-Net, os autores deste vídeo explicativo, aquecer o carro antes de conduzir não só não é necessário como pode trazer consequências más, como gastar combustível em excesso, porque quando o carro está frio gasta mais combustível e até poluir mais. Continue a ler

Sinistralidade rodoviária, os números em 2015

Os números da sinistralidade 2015

O ano está a chegar ao fim e com ele vem, inevitavelmente, a análise aos números da sinistralidade rodoviária em Portugal, suas causas e consequências. E apenas a quatro dias desse fim de ano de 2015, trago-vos aqui os valores obtidos pela ANSR até ao dia 20 de Dezembro.

É importante percebermos que todos somos responsáveis pelos valores que são aqui indicados. Podemos ou não estar incluídos neles, mas não deixamos todos nós, cada um à sua maneira de ter uma quota parte de responsabilidade. Afinal, quem nunca prevaricou? Continue a ler

Viajem de Natal, segurança máxima

Natal nas estrads com segurança

Chegou mais uma época de Natal e com ela as deslocações de diversas famílias para locais de encontro com os mais queridos entes para o convívio anual de elevado valor sentimental. E como o Natal marca essa importância, deverão os portugueses ter um cuidado acrescido nas estradas portuguesas e europeias.

Habitualmente as famílias portuguesas reservam alguns dias de férias para a época de Natal, o que faz com que hajam dias, os mais próximos da data de 24, em que as estradas se enchem de veículos, aumentando desta feita a probabilidade de acidentes. Esta deve ser uma realidade presente no pensamento dos condutores.

Uma viajem com ida e regresso

A pressa de chegar ao ponto de destino, para quem se desloca para fora do seu ponto de origem na época de Natal, normalmente é elevada. Pretende-se chegar rápido, para que se possa desfrutar mais tempo com os familiares que se vai visitar.

Acontece que, essa pressa, leva a que se pressione mais o acelerador, aumentando a distância de travagem e paragem. Se tivermos em atenção que as condições atmosféricas não se encontram favoráveis, o risco de algo anormal acontecer, aumente exponencialmente.

Neste Natal há ir e regressar em segurança. Deste modo, sugere-se a quem de se deslocar neste Natal, que o faça de forma ponderada, atenta e concentrada, levando a que essa viajem não contribua para a elevada taxa de sinistralidade rodoviária que já se regista no nosso país.

 

in:circulaseguro

Sabe quando deve mudar a correia de distribuição e que cuidados deve ter?

 

correia de distribuição

Por ser um assunto do interesse de todos aqueles que têm um veículo, entendemos dar uma explicação mais profunda acerca deste tema. Mas, antes de saber quando é que tem de mudar a correia de distribuição, há que saber o que é uma correi de distribuição. Continue a ler

Boas Festas

A Escola de Condução Exito, deseja a todos os clientes e amigos um Feliz Natal e um 2016 cheio de EXITO.
Boas Festas

Foto de Paulo Pinto.

Vimioso denuncia “perigos” da EN218 que liga o concelho a Bragança

O presidente da câmara de Vimioso (PSD) assinalou, em carta à empresa Infraestruturas de Portugal (IP), uma série de acidentes de viação ocorridos “recentemente” na EN218, que liga a sede daquele concelho a Carção com prolongamento para Bragança.

Lusa

“Estes acidentes concentram-se, acentuadamente, no troço da EN218 entre Vimioso e Carção, com especial na zona da ponte sobre o rio Maçãs e deles têm resultado feridos com gravidade e danos materiais”, indica o autarca na missiva, a agência Lusa teve hoje acesso. Continue a ler

A educação ou falta dela nos parques de estacionamento

A educação rodoviária de cada um de nós depende unicamente de cada um de nós. Trata-se de uma forma de estar na vida, assim como no trânsito, respeitar os direitos dos outros. E se respeitarmos os direitos dos outros, respeitamo-nos a nós próprios. Caso contrário, não teremos qualquer razão para nos sentirmos ofendidos quando não nos respeitam.

Se num parque de estacionamento existem espaços destinados ao estacionamento de condutores específicos ou veículos com determinadas características, o facto de não nos enquadrarmos no que está prescrito, impede-nos, só por si, de ocupar abusivamente o espaço. Mas quando o condutor não se respeita e não respeita o seu par, então para além de utilizar um espaço, utiliza dois. Continue a ler

Como fazer o preenchimento da declaração amigável

Os acidentes nem sempre acontecem só aos outros, para estar preparado para uma eventualidade, saiba o que deverá ter em atenção e como fazer o preenchimento da Declaração Amigável de Acidente Automóvel.

Este é um momento que ninguém gosta e onde se gera algum stress, na eventualidade de ocorrer a si, não deixe passar os pormenores ao lado, saiba o que deve fazer, como preencher os dados na declaração amigável e quais são os dados que deverá dar e quais deve receber do outro interveniente, ou dos outros intervenientes.

O preenchimento da declaração

(Pontos indicados no impresso de Declaração Amigável)

declaração amigável 1 Continue a ler

Faltam-me documentos, como faço a inspeção?

A Inspeção Periódica Obrigatória (IPO) visa confirmar com regularidade a manutenção das boas condições de funcionamento e de segurança dos veículos, de acordo com as suas características originais homologadas, ou as resultantes de transformação autorizada nos termos do artigo 115.º do Código da Estrada.

 

Quando os documentos estão apreendidos pelas autoridades é necessário apresentar uma guia emitida por essa entidade onde refira que é “válido para IPO”. Caso a guia não possua esta informação o cliente deve entrar em contacto atempadamente com o centro onde pretende fazer a inspeção.

Continue a ler