Abril 2021 archive

Sinistralidade rodoviária diminuiu mais do que era expectável

No ano de 2020 a sinistralidade rodoviária, como muitos outros fenómenos da sociedade, foi fortemente condicionada em Portugal, na Europa e no Mundo, pelas alterações verificadas na mobilidade, e consequentemente na exposição ao risco de acidente e no comportamento dos utentes das vias, em resultado das medidas de confinamento tomadas para conter a pandemia do SARS Cov-2.

O impacto dessas medidas restritivas da mobilidade é patente na diminuição no consumo de combustível rodoviário de 14,4% registada em 2020 face a 2019 de acordo com informação da Direção Geral de Geologia e Energia (DGEG), correspondendo a uma variação no mesmo sentido dos quilómetros